top

Produtos

Correntes : Especificações para Correntes

Apresentação

Atualizado em 14 de Maio de 2016.

Eficiência, durabilidade, higiene e fácil manutenção são requisitos básicos em um sistema de transporte interno de produtos. Ciente disso, a UNIRONS oferece a sua empresa a mais avançada tecnologia para transportadores unifilares:  correntes modulares de plástico injetado.

 Agilidade:

Por ser uma empresa nacional, a UNIRONS pode oferecer uma real agilidade no atendimento de pedidos, suprindo, sob pronta entrega, a necessidade de qualquer cliente em toda a extensão do território nacional.

 Durabilidade:

Praticamente não há desgaste por atrito entre os componentes do transportador. São inertes à maioria dos ácidos, bases, alcoois, etc; e não sofrem corrosão por oxidação, uma vez que as correntes são confeccionadas em plástico. Essas características conferem às correntes UNIRONS uma vida útil bastante longa.

 Resistência:

A força de tração de serviço (Ns) atuante na corrente é função das características de cada transportador. Tais sejam: dimensões, atrito, plano/ ascendente, velocidade/ arranque, temperatura, umidade e produto a ser transportado. Consulte o departamento técnico da UNIRONS para determinação da força de serviço atuante no seu transportador.

Obviamente, teremos que ter sempre Ns ≤ Nadm.

Manutenção:

O envio imediato de peças de reposição é garantido pela manutenção de estoque de toda linha de produtos.

 Funcionamento:

O conjunto é positivamente tracionado por rodas dentadas perfeitamente engrenadas nos módulos da corrente, garantindo a movimentação sem escorregamentos longitudinais ou deslocamentos transversais. As correntes deslizam com baixo atrito sobre pistas de plástico. Este sistema, por não utilizar roletes, diminui sensivelmente o custo de aquisição e manutenção, e torna o seu funcionamento silencioso.

 Versatilidade das correntes:

Confeccionadas em módulos injetados e unidas por pino inox, permitem que eventuais consertos ou paradas para manutenção sejam feitos em poucos minutos com mão de obra local.

 Tração positiva:

Como há o engrenamento perfeito entre os módulos e a engrenagem (não há escorregamento), a posição de um produto na corrente é sempre conhecida, facilitando os processos de automação.

 Higiene:

As correntes UNIRONS são laváveis e atóxicas. Podem ser esterilizadas mesmo em operação e possuem certificado de aprovação para entrar em contato com alimentos.

Projeto:

A UNIRONS disponibiliza assessoramento on-line para orientar sobre todos os procedimentos de montagens. Sempre que necessário, é proporcionada visita de equipe autorizada. A UNIRONS dispõe de serviço de engenharia especializado, para dimensionar as esteiras e suas motorização.

 

Especificações Técnicas para Projetos de Correntes

  Da mesma forma como foram projetados, os produtos Unirons requerem tratamento especial durante a sua instalação, manutenção e uso. Para isso, alguns cuidados devem ser tomados para evitar acidentes ou qualquer ilegalidade:

1) Antes de iniciar a instalação, manipulação, limpeza, lubrificação ou manutenção necessárias de qualquer módulo transportador, engrenagem ou sistema, deve-se consultar os órgãos federais, estaduais ou locais da sua região sobre os regulamentos relacionados ao controlador de energia perigosa ou armazenada (lockout/toughout);

2) Deve-se evitar colocar as mãos sob o módulo transportador, de maneira que possibilite algum acidente material e/ou físico à pessoa; a não ser que o sistema acionador esteja desligado;

3) Os produtos Unirons são feitos de material plástico e são inflamáveis. Se expostos diretamente a chamas ou a temperaturas superiores às especificadas pela Unirons neste manual, estes produtos queimarão, emitindo gases tóxicos. Não exponha as correntes transportadoras UNIRONS a temperaturas fora dos limites recomendados;

4) A UNIRONS somente se responsabiliza pelo bom funcionamento, qualidade e segurança de seus produtos se o transportador for executado conforme prescrições contidas no Manual Técnico ou sob consulta por escrito.

A Unirons se exime da responsabilidade pelo mau funcionamento de um transportador que não atenda às prescrições do Manual Técnico ou que não atendam a todos os regulamentos e norma locais, estaduais e federais relacionados com a segurança pública, segurança do trabalho, normas de segurança sanitária, de prevenção de incêndios ou qualquer outro regulamento de segurança;

5) A Unirons não se responsabiliza por danos à propriedade e/ou lesões pessoais, diretas ou indiretas, devidas a danos por funcionamento inadequado e/ou por mau uso do maquinário e/ou pelo uso incorreto de seus produtos, baseado ou não nas informações contidas no manual.

 

GARANTIA

A Unirons garante seus produtos pelo período de 2 anos a partir da data de envio desde que observadas estritamente as recomendações desse manual. A empresa substituirá qualquer produto cujo material tenha sido comprovado como defeituoso durante seu uso. Não se oferece nenhuma outra garantia, explícita ou implícita, a menos que essa tenha sido apresentada por escrito e aprovada por um representante devidamente autorizado pela UNIRONS.

 

 

1) Considerações gerais:

1.1) Escolha a corrente correta para o produto a ser transportado: superfície, temperatura, resistência, velocidade, etc;
1.2) Transportadores grandes com cargas elevadas e/ou altas ou baixas temperaturas: consultar o departamento técnico da UNIRONS para determinação da capacidade portante e variações térmicas da corrente;
1.3) Observar sempre as especificações técnicas da UNIRONS;
1.4) Pistas de deslizamentos dos percursos de ida e retorno bem projetados aumentam a vida útil da corrente;
1.5) Presença de materiais abrasivos causam desgastes (inerentes a qualquer tipo de material) que podem comprometer a vida útil da corrente. Consulte o departamento técnico da UNIRONS para a aplicação desejada;
1.6) Nunca deixe pontas ou arestas vivas que possam travar e danificar a corrente;
1.7) As curvas catenárias entre o roletes de retorno são necessárias para que a corrente se mantenha com tensão adequada, além de acomodar de forma efi ciente os alongamentos e contrações no comprimento da corrente devido às variações térmicas;
1.8) Sempre que possível, utilize sistema motor-redutor com arranque suave, que prolongam a vida útil da corrente;
1.9) Em caso de dúvidas consulte sempre o departamento técnico da UNIRONS.

Especificações

Atualizado em 14 de Maio de 2016.
Distâncias dos elementos estruturais do transportador em relação à corrente
Correntes  Especificações para Correntes Distâncias dos elementos estruturais do transportador em relação à corrente

A= 90 a 180 [mm]
B= 375 a 500 [mm]
C= 500 a 600 [mm]
D= 50 a 125 [mm]
E= Curva catenária obrigatória
F= Roletes de Retorno
* Retorno com catenária sobre roletes ou reto sobre pista de deslizamento

Notas:

1) A distância “E1” oscila entre um valor inferior e um valor superior, devido à concepção modular das correntes. O valor indicado na tabela (recomendado) é o inferior.

2) A distância “E3” refere-se ao raio livre necessário para o espaço da roda dentada.

CR38 - Tabela E1 E2 E3

NomesE1
[mm]
E2
[mm]
E3 [mm]
(mínimo)
RD21 CR38584774,58
RD23 CR3863,548,580
RD25 CR38695186

CR38PP - Tabela E1 E2 E3

NomesE1
[mm]
E2
[mm]
E3 [mm]
(mínimo)
RD21 CR38PP584774,5
RD23 CR38PP63,548,580
RD25 CR38PP695186

CC38 - Tabela E1 E2 E3

NomesE1 [mm]E2 [mm]E3 [mm]
(mínimo)
RD10 CC38485471
RD12 CC38625784

CC38 FLEX - Tabela E1 E2 E3

NomesE1 [mm]E2 [mm]E3 [mm]
(mínimo)
RD10 CC38 FLEX485471
RD12 CC38 FLEX625784

CC38F - Tabela E1 E2 E3

NomesE1 [mm]E2 [mm]E3 [mm]
(mínimo)
RD12 CC38F57,462,585
Notas para transferência de produtos:

– Para a corrente: a superfície superior da placa de transferência fica 1mm acima da superfície da corrente.
– Para fora da corrente: a superfície superior da placa de transferência fica 1mm abaixo da superfície da corrente.
Folga da placa de transferência:
Necessária para acomodar a ação poligonal dos módulos ao passarem pela engrenagem.

Correntes  Especificações para Correntes Corte transversal tipico
*imagens e cores ilustrativas.
bottom
wheel